Entre em contato conosco

Concreto inflável: ideia inovadora

  • Concreto inflável: ideia inovadora

Concreto inflável: ideia inovadora

26 setembro, 2017
Por : Instituto IDD
Comentários : 0

Do que é feito o concreto? É basicamente o resultado da mistura de cimento, água, areia e brita. Na hora de prepara-lo é necessária muita atenção e cuidado ao colocar a quantidade de água, pois, é responsável por ativar a reação química que transforma o cimento em uma pasta aglomerante. Caso a quantidade seja menor, a reação não ficará completa, e se for maior a resistência diminuirá em função dos poros que ocorrerão quando este excesso evaporar.

Como o concreto já é deriva de milhares de anos acabou passando por mudanças, e uma delas é o chamado ‘’concreto inflável’’.

O processo é denominado de ‘’Formação Pneumática de Concreto Endurecido (PFHC)’’ e foi inventado pelo Dr. Benjamin Kromoser e Prof. Johann Kollegger no Instituto de Engenharia Estrutural. A ideia é que se coloque uma almofada de ar embaixo e apoie-a com sistema de tendão de pós-tensão para transformar uma laje de concreto plana em uma concha de concreto curvo. O processo não se utiliza de mão de obra e materiais excessivos, o que resulta em significativa redução de custos.

 

Múltiplas cunhas em forma de placas de concreto são lançadas sobre uma superfície plana. Uma vez que o concreto é curado uma almofada de ar é colocada por baixo é o mesmo é inflado. Os tendões de pós-tensionamento circundam toda a superfície e adicionam tensão para evitar que as lajes deslizem.

 

 

O método simples e eficaz dará aos Engenheiros e Arquitetos a liberdade de realizar grandes edifícios com uma maior eficiência.

O processo de construção inflável é suscetível em várias implementações e modificações. Irá otimizar o tempo de obra e reduzir custos e mão de obra. Esse tipo de técnica provavelmente será muito utilizado na construção de viadutos, passagens de animais e diversos projetos arquitetônicos. O novo método já está patenteado e muitas empresas ferroviárias estão interessadas.

 

Achou relevante essa informaçãoCompartilhe com seus amigos e deixe a sua opinião nos comentários!

Nos acompanhe também pelas redesFacebookLinkedinInstagram e Twitter.

 

Fonte: Engenharia é
Imagens: blog do pet civilinovação tecnológica

EXPANDA SEU CONHECIMENTO
RECOMENDADO PARA VOCÊ
Deixe seu comentário
  1. Seja o primeiro a comentar.
IDD NEWS
12 de dezembro de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Aprenda a especificar e executar pisos industriais

Hoje vamos te mostrar como especificar e executar os pisos industriais, pois todo projetista deve conhecer o tipo do terreno, as características da área, o nível da agressividade (...)

08 de dezembro de 2017
Gestão e Construção
Por: Instituto IDD

3 dicas para elaborar um incrível orçamento de obras

Todo engenheiro, do orçamentista ao gerente de obras deve saber que o orçamento é uma das partes mais importantes de um projeto. Esse documento serve para avaliações(...)

07 de dezembro de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Conheça tudo sobre a laje protendida!

As lajes protendidas são também conhecidas por lajes com armaduras ativas, são aquelas cujo aço passa pelo processo de protensão.A técnica de protensão(...)

05 de dezembro de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Tecnocimento: tudo o que você precisa saber!

Aqui no Brasil foi desenvolvida uma tecnologia inovadora para o cimento: o tecnocimento. É visto no mercado um uso crescente desse novo material. Diferente do acabamento polimé(...)

01 de dezembro de 2017
Conteúdo Especializado
Por: Instituto IDD

4 aplicativos incríveis para o dia a dia do Engenheiro!

Algumas ferramentas que antes só estavam disponíveis para computadores de mesa e calculadoras científicas, hoje podem ser instaladas em qualquer dispositivo.Confira: - P(...)

30 de novembro de 2017
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Conheça o Holedeck: sistema de laje que economiza mais concreto

Você já conhece o Holedeck? É um sistema de lajes inovador que gasta 55% menos de concreto que aquele usado há tempos nas construções.  COMO FUN(...)