Entre em contato conosco

Prevenção é a chave contra o rompimento de barragens!

  • Prevenção é a chave contra o rompimento de barragens!

Prevenção é a chave contra o rompimento de barragens!

29 janeiro, 2019
Por : Instituto IDD
Comentários : 0

A mineração e o desenvolvimento do Brasil estão alinhados desde dos primórdios da colonização. Essa atividade trouxe muitas riquezas e oportunidades para o país, mas também ocasionou diversos problemas sociais e ambientais com os rompimentos das barragens de rejeitos.

A mais recente tragédia envolvendo rompimento de barragem, aconteceu no último dia 25 (sexta-feira), em Brumadinho, Minas Gerais.  A barragem da Mina Córrego do Feijão se rompeu perto do horário do almoço, até o momento já foram confirmadas 99 mortes e mais de 250 pessoas estão desaparecidas.

Além de destruir grande parte do território de Brumadinho, a lama proveniente do rompimento da barragem do Feijão chegou ao Rio Paraopeba, um dos principais afluentes do Rio São Francisco. O Paraopeba faz parte do abastecimento de água da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Por causa da tragédia, algumas áreas de Brumadinho foram evacuadas, o acesso a cidade também está difícil.

 

Foto/Divulgação: Sputnik Brasil

 

DETALHES DA BARRAGEM DO FEIJÃO

Construída em 1976 pelo método de alteamento a montante, a Barragem I da Mina Córrego do Feijão tinha com finalidade a disposição de rejeitos provenientes da mineração. Segundo a Vale essa barragem estava em processo de desativação.

A barragem do Feijão tinha 86 metros de altura e 720 de comprimento. A área ocupada pelos rejeitos era aproximadamente de 250 mil metros quadrados e o volume passava dos 11 milhões de metros cúbicos.

A Vale afirmou em seu site que a barragem em questão possuía Declarações de Condições de Estabilidade, e que passava por inspeções quinzenais, porém, na manhã desta terça-feira (29/01), dois engenheiros que atestavam a segurança da barragem em Brumadinho foram presos.  A empresa também afirmou que havia um Plano de Ação Emergenciais de Barragem de Mineração e o sistema de alerta era funcional. Por isso, a Vale declarou que ainda busca as respostas para o que ocorreu.

SOBRE A TRÁGEDIA

Ainda não é possível calcular os danos sociais e ambientais ocasionados do rompimento da barragem em Brumadinho. Por mais que o volume de rejeitos seja 4 vezes menor do que a barragem de Mariana, o número de mortos é consideravelmente maior. A lama apesar de não ser tóxica, contém resquícios de materiais que podem poluir o solo e a água.

A maioria dos feridos e desabrigados estão sendo levados para Belo Horizonte. Voluntários de todo o país se organizam para arrecadar doações para Brumadinho, porém pelo alto caos na cidade, muitos estão aguardando para entregar os donativos. A Vale também garantiu que irá prestar todo auxílio necessário as vítimas.

 

Antes e depois da cidade de Brumadinho. Foto/Divulgação: Notícia AO VIVO. 

 

COMO A ENGENHARIA PODE AJUDAR NESSES CASOS?

Todos sabemos que a prevenção é a melhor maneira de se evitar acidentes. Entretanto, as empresas não dão a devida atenção para ações preventivas, não é à toa que diversos incidentes relacionados com desabamentos e rompimentos acontecem no Brasil.

O papel do engenheiro civil é cogitar todas as hipóteses antes de concluir um projeto. É preciso avaliar todos os riscos por mais que sejam pequenos. Ainda, é crucial que o engenheiro crie um plano emergencial para as situações de risco.

Cumprir a legislação é de extrema importância para a empresa quanto para a sociedade. Negligência pode resultar em tragédias e mortes em demasia. Precaução não é prejuízo, e sim lucro. Economia com ações preventivas só trazem benefícios.

Engenheiros especializados e honestos são a saída para que se evite todo esse caos que está acontecendo no país, como diz um trecho do juramento do engenheiro:

 

“Respeitarei a natureza, evitando projetar ou construir equipamentos que destruam o equilíbrio ecológico ou poluam, além de colocar todo o meu conhecimento científico a serviço do conforto e desenvolvimento da humanidade. Assim sendo, estarei em paz comigo e com Deus.” 

 

 

Achou relevante essa informaçãoCompartilhe com seus amigos e deixe a sua opinião nos comentários!

Nos acompanhe também pelas redesFacebookLinkedinInstagram e Twitter.

Fonte: Blog da Engenharia

EXPANDA SEU CONHECIMENTO
RECOMENDADO PARA VOCÊ
  • 28 de maio de 2018
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Os drones podem melhorar a segurança e produtividade na sua obra

    A cada ano que passa os drones são mais utilizados no canteiro de obras, principalmente para verificar as condições de infraestrutura e instalações das obras. No ano(...)

  • 15 de setembro de 2017
    Conteúdo Especializado
    Por: Instituto IDD

    Segurança nas alturas: sistemas de proteção

    Saiba como manter sua obra seguraO Programa de Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção Civil (PCMAT) possui soluções que s&ati(...)

  • 28 de agosto de 2017
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Segurança de barragens para iniciantes

    Conheça os pontos essenciais para a construção de projetos de barragens seguras e saiba como ser o profissional responsável por elas.Segundo estudo feito pela e-Construmark(...)

  • 07 de outubro de 2016
    Eventos e Oportunidades
    Por: Instituto IDD

    Dicas para se encontrar nos mundos da engenharia e da arquitetura!

    Está na hora de conhecer qual é o seu caminho dentro da área que escolheu. As oportunidades estão apenas esperando a sua escolha! Mesmo depois de cinco anos estudando,(...)

  • 28 de junho de 2016
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Proteja estruturas de madeira antiga contra incêndios

    Saiba qual é o melhor tratamento em estruturas de madeira para evitar incêndios. Estruturas de madeira antiga apresentam um risco maior de sofrer acidentes, como o que aconteceu com (...)

Deixe seu comentário
  1. Seja o primeiro a comentar.
IDD NEWS
11 de fevereiro de 2019
Por: Instituto IDD

Aprenda a fazer o reforço estrutural corretamente.

Apesar das várias tecnologias existentes na produção do concreto, nenhuma delas é capaz de fazer com que ele não se deteriore.  Há diversas causas para e(...)

24 de janeiro de 2019
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Ponte importante em SP é interditada!

No último dia 23, a ponte que dá acesso à Rodovia Presidente Dutra pela pista expressa da Marginal Tietê foi interditada, o motivo: um rompimento na viga de apoio.A falha fo(...)

22 de janeiro de 2019
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

O que é Retrofit ?

A palavra retrofit sempre aparece quando precisamos fazer uma reforma em um edifício ultrapassado, mas afinal, o que esse termo significa?O retrofit surgiu na Europa, continente que possui gran(...)

15 de janeiro de 2019
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Escolha o melhor Sistema de Impermeabilização para sua obra!

O excesso de água é um dos maiores inimigos de uma construção. Podendo ocasionar mofo, manchas na pintura, entre outros, a umidade precisa ser combatida antes que seja tard(...)

11 de janeiro de 2019
Por: Instituto IDD

5 tendências para Engenharia Civil em 2019

Não é de hoje que a tecnologia está presente no canteiro de obras, algumas ferramentas já estão sempre amplamente usadas, o drone é um exemplo disso. Esses ve(...)

20 de dezembro de 2018
Por: Instituto IDD

5 estradas pelo mundo que são incrivelmente perigosas!

Uma das mais relevantes partes da engenharia é a pavimentação.  Vários engenheiros ao redor do mundo criaram estradas incríveis e ao mesmo tempo assustadoras. N(...)