Entre em contato conosco

Prevenção é a chave contra o rompimento de barragens!

  • Prevenção é a chave contra o rompimento de barragens!

Prevenção é a chave contra o rompimento de barragens!

29 janeiro, 2019
Por : Instituto IDD
Comentários : 0

A mineração e o desenvolvimento do Brasil estão alinhados desde dos primórdios da colonização. Essa atividade trouxe muitas riquezas e oportunidades para o país, mas também ocasionou diversos problemas sociais e ambientais com os rompimentos das barragens de rejeitos.

A mais recente tragédia envolvendo rompimento de barragem, aconteceu no último dia 25 (sexta-feira), em Brumadinho, Minas Gerais.  A barragem da Mina Córrego do Feijão se rompeu perto do horário do almoço, até o momento já foram confirmadas 99 mortes e mais de 250 pessoas estão desaparecidas.

Além de destruir grande parte do território de Brumadinho, a lama proveniente do rompimento da barragem do Feijão chegou ao Rio Paraopeba, um dos principais afluentes do Rio São Francisco. O Paraopeba faz parte do abastecimento de água da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Por causa da tragédia, algumas áreas de Brumadinho foram evacuadas, o acesso a cidade também está difícil.

 

Foto/Divulgação: Sputnik Brasil

 

DETALHES DA BARRAGEM DO FEIJÃO

Construída em 1976 pelo método de alteamento a montante, a Barragem I da Mina Córrego do Feijão tinha com finalidade a disposição de rejeitos provenientes da mineração. Segundo a Vale essa barragem estava em processo de desativação.

A barragem do Feijão tinha 86 metros de altura e 720 de comprimento. A área ocupada pelos rejeitos era aproximadamente de 250 mil metros quadrados e o volume passava dos 11 milhões de metros cúbicos.

A Vale afirmou em seu site que a barragem em questão possuía Declarações de Condições de Estabilidade, e que passava por inspeções quinzenais, porém, na manhã desta terça-feira (29/01), dois engenheiros que atestavam a segurança da barragem em Brumadinho foram presos.  A empresa também afirmou que havia um Plano de Ação Emergenciais de Barragem de Mineração e o sistema de alerta era funcional. Por isso, a Vale declarou que ainda busca as respostas para o que ocorreu.

SOBRE A TRÁGEDIA

Ainda não é possível calcular os danos sociais e ambientais ocasionados do rompimento da barragem em Brumadinho. Por mais que o volume de rejeitos seja 4 vezes menor do que a barragem de Mariana, o número de mortos é consideravelmente maior. A lama apesar de não ser tóxica, contém resquícios de materiais que podem poluir o solo e a água.

A maioria dos feridos e desabrigados estão sendo levados para Belo Horizonte. Voluntários de todo o país se organizam para arrecadar doações para Brumadinho, porém pelo alto caos na cidade, muitos estão aguardando para entregar os donativos. A Vale também garantiu que irá prestar todo auxílio necessário as vítimas.

 

Antes e depois da cidade de Brumadinho. Foto/Divulgação: Notícia AO VIVO. 

 

COMO A ENGENHARIA PODE AJUDAR NESSES CASOS?

Todos sabemos que a prevenção é a melhor maneira de se evitar acidentes. Entretanto, as empresas não dão a devida atenção para ações preventivas, não é à toa que diversos incidentes relacionados com desabamentos e rompimentos acontecem no Brasil.

O papel do engenheiro civil é cogitar todas as hipóteses antes de concluir um projeto. É preciso avaliar todos os riscos por mais que sejam pequenos. Ainda, é crucial que o engenheiro crie um plano emergencial para as situações de risco.

Cumprir a legislação é de extrema importância para a empresa quanto para a sociedade. Negligência pode resultar em tragédias e mortes em demasia. Precaução não é prejuízo, e sim lucro. Economia com ações preventivas só trazem benefícios.

Engenheiros especializados e honestos são a saída para que se evite todo esse caos que está acontecendo no país, como diz um trecho do juramento do engenheiro:

 

“Respeitarei a natureza, evitando projetar ou construir equipamentos que destruam o equilíbrio ecológico ou poluam, além de colocar todo o meu conhecimento científico a serviço do conforto e desenvolvimento da humanidade. Assim sendo, estarei em paz comigo e com Deus.” 

 

 

Achou relevante essa informaçãoCompartilhe com seus amigos e deixe a sua opinião nos comentários!

Nos acompanhe também pelas redesFacebookLinkedinInstagram e Twitter.

Fonte: Blog da Engenharia

EXPANDA SEU CONHECIMENTO
RECOMENDADO PARA VOCÊ
  • 28 de maio de 2018
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Os drones podem melhorar a segurança e produtividade na sua obra

    A cada ano que passa os drones são mais utilizados no canteiro de obras, principalmente para verificar as condições de infraestrutura e instalações das obras. No ano(...)

  • 15 de setembro de 2017
    Conteúdo Especializado
    Por: Instituto IDD

    Segurança nas alturas: sistemas de proteção

    Saiba como manter sua obra seguraO Programa de Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da Construção Civil (PCMAT) possui soluções que s&ati(...)

  • 28 de agosto de 2017
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Segurança de barragens para iniciantes

    Conheça os pontos essenciais para a construção de projetos de barragens seguras e saiba como ser o profissional responsável por elas.Segundo estudo feito pela e-Construmark(...)

  • 07 de outubro de 2016
    Eventos e Oportunidades
    Por: Instituto IDD

    Dicas para se encontrar nos mundos da engenharia e da arquitetura!

    Está na hora de conhecer qual é o seu caminho dentro da área que escolheu. As oportunidades estão apenas esperando a sua escolha! Mesmo depois de cinco anos estudando,(...)

  • 28 de junho de 2016
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Proteja estruturas de madeira antiga contra incêndios

    Saiba qual é o melhor tratamento em estruturas de madeira para evitar incêndios. Estruturas de madeira antiga apresentam um risco maior de sofrer acidentes, como o que aconteceu com (...)

Deixe seu comentário
  1. Seja o primeiro a comentar.
IDD NEWS
11 de abril de 2019
Por: Instituto IDD

4 tipos de pontes que você precisa conhecer

Anos antes do nascimento de Cristo, as pontes já faziam parte do cotidiano das pessoas. Com o avanço da engenharia civil, quatro estruturas destacam-se, sendo elas:  ponte suspensa,(...)

15 de março de 2019
Por: Instituto IDD

4 motivos para você investir em inspeção!

As inspeções de obras sempre são motivos de polêmica no mundo da construção civil. Entretanto, se forem feitas de maneira correta, podem trazer inúmeros(...)

12 de março de 2019
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Os principais sistemas de contenção

Com o avanço dos espaços urbanos, os sistemas de contenção têm se tornado cada vez mais necessários.  Eles fazem parte de grandes estruturas, tais como: s(...)

07 de março de 2019
Por: Instituto IDD

Saiba tudo sobre pavimento permeável!

Também conhecido como ecopavimento, a pavimentação permeável é um conjunto de técnicas para pavimentação de estradas, calçadas, cicl(...)

11 de fevereiro de 2019
Por: Instituto IDD

Aprenda a fazer o reforço estrutural corretamente.

Apesar das várias tecnologias existentes na produção do concreto, nenhuma delas é capaz de fazer com que ele não se deteriore.  Há diversas causas para e(...)

24 de janeiro de 2019
Engenharia Civil
Por: Instituto IDD

Ponte importante em SP é interditada!

No último dia 23, a ponte que dá acesso à Rodovia Presidente Dutra pela pista expressa da Marginal Tietê foi interditada, o motivo: um rompimento na viga de apoio.A falha fo(...)