Entre em contato conosco

PÓS-GRADUAÇÃO EM

Fundações e Contenções

FAÇA A SUA INSCRIÇÃO E GARANTA A SUA VAGA.

INFORMAÇÕES SOBRE A PRÓXIMA TURMA?

FUNDAÇÕES E CONTENÇÕES



CENÁRIO ATUAL E MERCADO DE TRABALHO

As obras de fundações têm passado por grande evolução recentemente. E mais que as técnicas de execução em si, as técnicas de projeto são constantemente revisadas e atualizadas.

Algumas dessas evoluções vieram com a publicação da atual Norma de Fundações, a NBR 6122/2010. A norma de 2010 veio apresentar o uso de coeficientes de segurança parciais. Obtidos a partir de técnicas de inferência estatística, esses coeficientes vêm possibilitar a garantia da segurança da fundação em função da variabilidade da resistência do solo. Isso fez com que em diversas situações, o coeficiente de segurança médio acabasse se tornando maior que o coeficiente global 2,0 especificado pela norma anterior. Por outro lado, esta mesma norma passou a tornar obrigatória a execução de ensaios para comprovação de desempenho das fundações, os quais requerem interpretação e comparação com as previsões. Esses ensaios tratam-se do monitoramento de recalques de um edifício (obrigatório para edifícios altos, estruturas muito esbeltas e estruturas onde a carga variável seja grande em relação à permanente), fazendo com que a previsão de recalques se tornasse importante para a comparação com os resultados medidos. 

Outro ensaio que passou a ser obrigatório é a prova de carga estática, que requer conhecimento específico para a sua correta interpretação e obtenção de resultados a serem comparados com os critérios de projeto. As provas de carga estática, em determinadas situações, podem ser substituídas pelos ensaios de carregamento dinâmico. Estes baseiam-se na propagação da onda unidimensional de compressão ao longo da estaca e requerem uma análise matemática rigorosa para a separação dos efeitos dinâmicos decorrente da propagação desta onda da resistência estática - resistência que poderá ser utilizada por uma estaca ao longo de sua vida útil.

Além da Norma de Fundações, foi publicada recentemente a Norma de Desempenho de Edifícios Habitacionais, NBR 15575/2013, a qual também trouxe alguns requisitos adicionais ao campo das fundações e contenções. O mais impactante destes requisitos para as fundações foi o fato da norma exigir uma distorção angular máxima de 1:500. Esta foi a primeira vez que se especificou em norma um limite para recalques diferenciais a ser adotado em projeto. Este limite alterou a forma como projetos de fundação são feitos e analisados, pois trouxe a necessidade da verificação dos Estados Limites de Serviço (ELS), além dos Estados Limites Últimos (ELU), sendo que estes recalques são fortemente dependentes das deformações do maciço de solo como um todo, enquanto as fundações são dimensionadas para o ELU considerando-se a capacidade de carga de cada elemento isolado. Esta é a razão pela qual a filosofia do projeto de fundações foi alterada por este requisito da Norma de Desempenho, pois ele tornou obrigatória a visualização da fundação de uma edificação como um todo. Quanto às contenções, um dos principais pontos da Norma de Desempenho é a exigência de estanqueidade das mesmas ao longo da sua vida útil, o que deve ser observado no projeto e execução das mesmas.

É diante desse contexto e por acreditar na importância das áreas e de sua atualização dentro da engenharia civil, que o Instituto IDD oferta o curso de pós-graduação em Fundações e Contenções, abrangendo com profundidade as evoluções e novas aplicações de trabalho nessas áreas.

OBJETIVOS DO CURSO

Ao atualizar os alunos sobre as mudanças nas áreas de fundação e contenção e prepará-los para os desafios do mercado nos referentes campos, apresentando métodos e alternativas de trabalho, o curso fornece conhecimentos e ferramentas aos alunos e profissionais para que possam:

1. Analisar sondagens de solo e obter parâmetros a partir das mesmas; 
2. Especificar o tipo de sondagem de acordo com o resultado desejado;
3. Fiscalizar as sondagens e sua correta execução; 
4. Fazer análises de confiabilidade de fundações;
5. Projetar fundações para diferentes situações de solo e carregamentos, incluindo previsões de recalques (projetos em ELU e ELS);
6. Executar fundações e contenções
7. Controlar fundações;
8. Interpretar provas de carga estática e ensaios de carregamento dinâmico;
9. Projetar contenções, incluindo considerações quanto às deformações dos sistemas de contenção;
10. Conhecer a utilização de novas técnicas e produtos relacionados com a área;
11. Pesquisar soluções para problemas de engenharia.

PÚBLICO-ALVO

O curso de pós-graduação do IDD em Fundações e Contenções destina-se aos estudantes e graduados em engenharia civil que atuam ou desejam atuar na área.

+ DO CURSO

Um dos cursos mais novos do IDD, com primeira turma em 2017, dá continuidade a excelência da Pós IDD contando com docentes reconhecidos nacionalmente como profissionais de referência nas áreas acadêmica e prática.

FAÇA A SUA INSCRIÇÃO E GARANTA A SUA VAGA.

INFORMAÇÕES SOBRE A PRÓXIMA TURMA?

*Professores Convidados.

**O Instituto IDD se reserva ao direito de alterar o corpo docente quando necessário.

***O corpo docente pode variar conforme a sede do curso.

Tópicos avançados em Mecânica dos Solos
Geologia Aplicada a Fundações e Contenções
Estatística Aplicada
Investigação Geotécnica, Sondagens, Execução e limitações
Sondagens - Análise e obtenção de parâmetros geotécnicos
Risco e Segurança
Estruturas - Considerações sobre Apoios
Fundações Superficiais - Projeto, Execução, Controle, Recalques
Projeto de Fundações Profundas
Projetos de Fundações Mistas
Projetos de Muros de Arrimo Incluindo Deformações
Previsão de Recalques e Interação Solo-Estrutura
Previsão da Curva Carga-Recalque
Projetos de Taludes - Abordagens Determinística e Probabilística
Projetos de Cortinas de Contenção, incluindo previsão de deformações
Projeto Estrutural de Sapatas, Radiers e Blocos sobre Estacas
Projeto de fundações submetidas a esforços dinâmicos
Cálculo Estrutural de Cortinas de Contenção
Execução de Fundações Profundas
Controles Executivos de Estacas
Recalques Induzidos por Escavações e Efeitos em Fundações
Monitoramento de Cortinas de contenção e recalques
Provas de Carga Estática - Execução
Provas de Carga Estática - Interpretação
Ensaio de Carregamento Dinâmico e Dinâmica de Cravação de Estacas

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR POR:
IDD NEWS
  • 30 de novembro de 2018
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    O que é graute?

    Você sabe o que é e para que serve um graute? O graute é um tipo especifico de cimento ou argamassa de alta resistência, usada para preencher espaços vazios. O objetiv(...)

  • 20 de novembro de 2018
    Por: Instituto IDD

    Detalhes sobre o desabamento na Marginal Pinheiros

    Às 03:30h do dia 15 de novembro de 2018, aconteceu um terrível acidente no estado de São Paulo. Um dos viadutos da Marginal Pinheiros cedeu, atingindo 5 automóveis que circ(...)

  • 06 de novembro de 2018
    Por: Instituto IDD

    Fibras de Concreto

    As fibras possuem o poder de melhorar diversas características do concreto, que vão desde sua trabalhabilidade no estado fresco, na fase de cura e no aumento da capacidade estrutural j&a(...)

  • 01 de novembro de 2018
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    6 vantagens da laje nervurada.

    Atualmente existem diversas opções para construção de lajes. Cada tipo de modelo proporciona um benefício diferente e implica em processos distintos.  No Brasil(...)

  • 26 de outubro de 2018
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Tipos de fundações - Superficiais e Profundas

    A função da fundação é absorver todas as cargas emitidas pela edificação e distribuí-las ao solo, por esse motivo elas devem possuir uma resist&(...)

  • 17 de outubro de 2018
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    5 princípios básicos do Lean Construction

    O sistema de produção Lean Construction (ou Construção Enxuta em português) foi desenvolvido na década 1940 pela Toyota. Atualmente esse sistema é muito(...)

  • 15 de outubro de 2018
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Uso dos gabiões na engenharia civil

    Usado pelos egípcios e chineses na antiguidade e aprimorado no século XIX, os gabiões são altamente utilizados na engenharia até os dias atuais. Normalmente esse mat(...)

  • 04 de outubro de 2018
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Conheça as vantagens da laje de isopor!

    Pensando em construir uma laje pré-fabricada? A laje de isopor pode ser uma ótima opção! Apesar de ser bastante vantajosa, as lajes de isopor não são muito co(...)

  • 01 de outubro de 2018
    Engenharia Civil
    Por: Instituto IDD

    Tipos de barragens mais usadas na engenharia

    A função da barragem vai muito além de reter e controlar água.  Construídas sobre rios, córregos ou canais, essa estrutura é usada em hidroel&eacu(...)

  • 25 de setembro de 2018
    Por: Instituto IDD

    A durabilidade das construções e as intempéries naturais | Parte 1

    A durabilidade das construções está relacionada a diversos fatores, entre eles estão qualidade e na execução do projeto, na falta de manutenções(...)

***1